Castelo De Areia

Zilo E Zalo

A minha viola foi feita de pinho
com ela eu ja tive prazer e alegria
todas tardes no meu ranchinho
tocando e cantando eu me distraia

tenho meu cavalo um belo tordilho
um gado de raça que eu colecionava
a tardinha eu dava uma raçao de milho
cavalo comendo eu me descansava

assim eu levava a vida sozinho
só me distraia com as ciração
alí veio morar um vizinho
que tinha uma filha de linda feição

quando eu vi a morena que moça bonita
notei simpatia no seu lindo olhar
senti no meu peito uma dor esquisita
tratamos ali mesmo de nos se casar

casei na capela viemos pra roça
minha companheira tão pouco durou
morreu e deixou minha xoça
e a felicidade pra mim se acabou

eu era feliz vivendo sozinho
mas a sorte quiz que eu tivesse um amor
eu fiz meu castelo e hoje meu peito anseia
foi todo de areia e desmoronou

soltei meu cavalo lá na invernada
dentro do paiol pendurei meu arreio
a minha viola coitada
está pendurada no alto do esteio

e a minha vida já se transformou
de um jardim de flor
numa estada de espinho
mas sempre com fé em nosso senhor
de novo eu levo a vida sozinho

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.