Morena bonita dos dente aberto,
Vai no pagode o barulho é certo,
Não me namore tão descoberto,
Que eu casado mais não sou certo.

Modelos de agora é tudo esquisito,
Essas mocinhas mostrando os cambitos,
Com as canelas fina que nem palmito,
As moças de hoje eu não facilito.

Eu mais a minha muié fizemos a combinação,
Eu vou no pagode ela não vai não,
Sábado passado eu fui ela ficou,
Sábado que vem ela fica e eu vou.

Eu fui na feira com dois tostão,
Eu comprei arroz, eu comprei feijão,
Comprei açucar comprei canela comprei
Um chicote que é pra bater nela.

Canto modas pros amigos, pro meu gasto eu também faço,
Na viola eu tenho o desembaraço
É coisa que eu acho feio violeiro querer abater
Mais não fazem moda mandam eu fazer.

Vou fazer um vestido pra mulherada,
O modelo é bão e não custa nada...
Na parte da frente pano não tem,
Na parte de trás é assim também.

Eu ví uma véia tremendo os queixo,
Pra me morder mais eu não deixo,
Fasta véia da boca murcha,
Te dou um tiro com minha garrucha,
Bem de pertinho é de queima bucha.

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Tião Carreiro

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não