Amigo Irmão

Tiaguinho

Mano você foi embora e nem disse adeus,
deixou pra trás a família e os amigos seus.
Saudade deixou no coração do seu mano
que no dia do seu enterro se derramou em prantos.
E agora revoltado não quer saber de nada,
entrou na vida do crime agora é da quebrada.
Lembro que quando criança você brincava comigo,
era um grande irmão, o meu melhor amigo.
Lembranças vêm de uma história que se passou
e agora, meu Deus, restou somente a dor.
Uma história vivida, história sofrida,
Deus abençoe essa alma e me mostre a saída.

Eu ando pelas ruas, ando sem direção.
Lá se foi o meu mano que mora no meu coração.
Eu ando pelas ruas, ando sem direção.
Sinto falta desse mano: o meu amigo irmão.

Mano só Deus sabe o quanto sinto saudades de você,
daria qualquer coisa pra novamente te ver.
Já que você se foi sem despedir-se de mim,
agora sinto um vazio que me queima bem aqui
dentro do coração, que ficou na solidão.
Você era meu amigo, o meu grande irmão.
Nas vezes em que estava triste eu tinha você por perto,
quando ia cair vinha de braços abertos.
Hoje te tenho guardado dentro do meu coração,
gravado na minha alma: o meu amigo irmão...
Gravado na minha alma: o meu amigo irmão.

Eu ando pelas ruas, ando sem direção.
Lá se foi o meu mano que mora no meu coração.
Eu ando pelas ruas, ando sem direção.
Sinto falta desse mano: o meu amigo irmão.

Hei meu amigo irmão,
saiba que eu nuca te esquecerei jamais.
Você mora no meu coração, quanta falta você me faz.

Eu ando pelas ruas, ando sem direção.
Lá se foi o meu mano que mora no meu coração.
Eu ando pelas ruas, ando sem direção.
Sinto falta desse mano: o meu amigo irmão.

O meu amigo irmão...
O meu amigo irmão !

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Tiaguinho

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não