Amada Minha

Sérgio Reis

Amada minha depois de tantos anos
Depois de tantas noites divididas
Depois de tantos sonhos sonhados cada dia
Te sigo amando tanto, amada minha

Teus olhos negros me olham como sempre
Teu beijo é uma chama que queima
Eu sigo sendo a planta, você a terra minha
Te sigo amando tanto, amada minha

Amada minha depois de tantas horas de caminho
Você é minha praia e eu sou o teu rio
E como sempre respiro o mesmo ar que tu respiras
E sigo enamorado em cada amanhecer

Amada minha de risos e de pranto
Companheira das tardes amarelas
Luar da meia noite e o sol do meio dia
Serás pra sempre o campo, flor e alegria

Amada minha num dia de outono
Se vestirão de branco meus cabelos
E ficarão dormindo seus beijos em meus beijos
Procurarei suas mãos para afaga-los

Amada minha depois de tantos anos a teu lado
Eu sigo sendo a brisa, você montanha e plano
Amada minha, depois de tantos mares navegados
Você é minha praia e eu gaivota

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.