Já Não Sou Bébé

Romana

Continuas chamando-me assim bébé
Continuas a ter-me pra ti bébé
Não aceitas nem queres aceitar que já sou uma mulher


Já está na hora de veres como sou
Tambem por mim o tempo passou
E já te olho com outro olhar
E a criança que dantes tu vias
Hoje é mulher e tem fantasias
E a maior delas é poder-te amar
Mas tu não vês ou não queres ver e aceitar

Continuas chamando-me assim bébé
Continuas a ter-me pra ti bébé
Não aceitas nem queres aceitar que já sou uma mulher

Continuas chamando-me assim bébé
Continuas a ter-me pra ti bébé
Não aceitas nem queres aceitar que a criança cresceu

Já está na hora de veres afinal
Que eu não te quero de maneira igual
Já vejo outras coisas em ti
Essa criança que tu conhecias
Hoje é mulher e tem fantacias
E a maior delas é ter-te para mim
Mas tu não ves ou não queres ver
Que eu cresci

Continuas chamando-me assim bébé
Continuas a ter-me pra ti bébé
Não aceitas nem queres aceitar que já sou uma mulher

Continuas chamando-me assim bébé
Continuas a ter-me pra ti bébé
Não aceitas nem queres aceitar que a criança cresceu

Continuas chamando-me assim bébé
Continuas a ter-me pra ti bébé
Não aceitas nem queres aceitar que já sou uma mulher

Continuas chamando-me assim bébé
Continuas a ter-me pra ti bébé
Não aceitas nem queres aceitar que a crianla cresceu

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Romana

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não