Mesa de Bar

Pedro Leonardo

'' Me perdoe amigo, se assim eu não puder te chamar.
Por favor, ouça meu grito ah eu preciso muito falar
Sei que é dolorido ouvir e falar da mesma mulher, mesma paixão.
Principalmente aquela que fez um estrago danado no seu coração
Desculpa se te magoar aqui nessa mesa de bar
ou até mesmo te fazer chorar.
E que ainda ontem por aqui passei,
Bebi todas quando dela me lembrei, ah eu te juro eu também chorei
Chorei, chorei, chorei.''


Amigo, senta do outro lado
Que é reservada essa mesa, só pros apaixonados.
Me perdoe amigo!
Não sei se devo ou se é justo te tratar assim
As circunstâncias é doida e as vezes ruim
É uma flechada no peito doer mais não tem jeito
quando ela se vai, ai ai ai ai ai.

Dos meus braços para os seus braços
Te encher de felicidade,
Vou ficando na mão com essa louca paixão
Morrendo de saudades.

Ela nos brinda o perigo
Com esse amor bandido gostoso demais
Ela manda e desmanda o que quer ela faz,
Ela é flecha no peito ela doma o sujeito
Que chora quando ela vai, ai ai ai ai ai ai

(Refrão)

A mulher que você ama também ama alguém
E esse alguém sou eu!
Posso te jurar ela não esqueceu
Primeiro namorado, primeiro beijo meu.
Sei que é doida a coincidência nos aqui encontrar
É que por ela eu já chorei você pode chorar
Derrame todo pranto nessa mesa de bar.

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Pedro Leonardo

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não