Estar apaixonado é uma coisa louca
Que alguém lhe causa e você mal dorme
Se perto desse alguém a eternidade é pouca
Distante, cada instante é um tempo enorme

Estar apaixonado é mesmo uma doença
Que alguém lhe passa e você mal come
Tão só nessa pessoa você pensa
Enquanto a outra fome o consome

Tava tremendo, com febre, com frio
A estremecer de amor por causa dela
Corria em minha espinha um arrepio
Eu nem pensava em mim, somente nela

Eu ria e chorava um rio
Nunca uma dor foi tão bela
Por dias, noites e horas a fio
Eu nem pensava em mim, somente nela

Estar apaixonado é parecer um ser ridículo
E não estar, com isso, nem aí
Você se sente solto e livre dentro de um cubículo
Tal como eu me sentia bem ali

Tava tremendo, com febre, com frio
A estremecer de amor por causa dela
Corria em minha espinha um arrepio
Eu nem pensava em mim, somente nela

Eu ria e chorava um rio
Nunca uma dor foi tão bela
Por dias, noites e horas a fio
Eu nem pensava em mim, somente nela

Tava tremendo, com febre, com frio
A estremecer de amor por causa dela
Corria em minha espinha um arrepio
Eu nem pensava em mim, somente nela

Eu ria e chorava um rio
Mas nunca uma dor foi tão bela
Por dias, noites e horas a fio
Eu nem pensava em mim, somente nela

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Paulinho Moska

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não