Cruz de Tecido

O Rappa

Olhos em pânico refletem as chamas
Que cruzam o céu da avenida
De encontro a estrutura de aço e concreto
Muitas almas perdidas

A música chama atenção da nação
Chocando a sociedade
No plantão que conta a triste verdade

Se chocou o grande pássaro de aço
Às custas da imprecisão
Não tendo estrutura pra bater as asas
Não tire-os do chão

Jornais, preto e branco
Impressos em cores
Números a não se contar
199 A soma do caos
Ninguém a se pronunciar

Rosas coloridas
Em branca cruz de tecido
Provando a impunidade
E o descaso com que faz
Um simples pedido

Quem foi?
E você sabe quem é!
Quem foi?
E depois você sabe como é!

O fim da espera, e a certeza da dor
A confirmação dos nossos mortos
É o fim comprovado na angústia
De nossos velórios sem corpos

A Babel, civil, militar, babilônia esta formada
Controladores sem controles, e uma tragédia anunciada

Quem foi?
E você sabe quem é!
Quem foi o responsável pela dor de tanta gente?

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.