Frevo Mulher

Nando Reis

Quantos aqui ouvem
Os olhos eram de fé
Quantos elementos
Amam aquela mulher...
Quantos homens eram inverno
Outros verão
Outonos caindo secos
No solo da minha mão...
Gemeram entre cabeças
A ponta do esporão
A folha do não-me-toque
E o medo da solidão...
Veneno meu companheiro
Desata no cantador
E desemboca no primeiro
Açude do meu amor...
É quando o tempo sacode
A cabeleira
A trança toda vermelha
Um olho cego vagueia
Procurando por um...(2x)
Quantos aqui ouvem
Os olhos eram de fé
Quantos elementos
Amam aquela mulher...
Quantos homens eram inverno
Outros verão
Outonos caindo secos
No solo da minha mão...
Gemeram entre cabeças
A ponta do esporão
A folha do não-me-toque
E o medo da solidão...
Veneno meu companheiro
Desata no cantador
E desemboca no primeiro
Açude do meu amor...
É quando o tempo sacode
A cabeleira
A trança toda vermelha
Um olho cego vagueia
Procurando por um...(4x)

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Nando Reis

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não