Neste verso tão singelo
Minha bela, meu amor
Pra meceis quero contá
O meu sofrê e a minha dor
Eu sou como o sabiá
Que quando canta é só tristeza
Desde o gáio que se tá
(Nesta viola
Eu canto e gemo de verdade
Cada toada
Representa uma saudade)
Eu nasci naquela serra
Num ranchinho a beira chão
Todo cheio de buraco
Adonde a Lua faz clarão
Quando chega a madrugada
Lá na mata a passarada principia o baruião
(Nesta viola
Eu canto e gemo de verdade
Cada toada
Representa uma saudade)
Lá no mato tudo é triste
Desde o jeito de falá
Pois o Jeca quando canta
Tem vontade de chorá
Não tem um que cante alegre
Tudo vive padecendo
Cantando pra aliviá
(O choro que vai caindo
Devagar vai se sumindo
Como as águas vão pro mar)
(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Mazzaropi

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não