Achilles Last Stand

Led Zeppelin

Achilles Last Stand

ACHILLES LAST STAND

It was an April morning

When they told us we should go

An' as I turn to you, you smiled at me

How could they say no

Whoa, the fun to have

To live the dreams we always had

Whoa, the songs to sing

When we at last return again

Swept New York a glancing kiss

To those who claim they know

To know the shrieks the seaman hears

The devil is in his home

Oh, to sail away

To sandy lands and other days

Oh, to touch the dream

That hides inside and is never seen, yeah

Into the sun, the south the north

Flys the birds of gold

The shackles of commitments fell

In pieces on the ground

Oh, to ride the wind

To tread the air above the din

Whoa, to laugh aloud

Dancing as we fought the crowd, yeah

To seek the man whose pointing hand

The giant step unfolds

With guidance from the curving path

That churns up into stone

If one bell should ring

In celebration for a king

So fast the heart should beat

As proud the head with heavy feet, yeah

(Guitar Solo)

Days went by when you and I

Made an eternal summers glow

As far away and distant

Our mutual time to grow

Oh the sweet refrain

Soothes the soul and calms the pain

Oh Albion remains Sleeping now to rise again

Wandering upon the rings

What place to rest the search

With the mighty arms of Atlas

Hold the heavens from the earth

The mighty arms of Atlas

Hold the heavens from the earth

From the earth

Whoaaaaaaaaaaa

I know the way, know the way, know the way, know the way

I know the way, know the way, know the way, know the way

Ohhhhh, ohhhhh

Ahhhh, ahhhhh, ahhhhh, ahhhhh

Ahhhh, ahhhhh, ahhhhh, ahhhhh

Ahhhh, ahhhhh, ahhhhh, ahhhhh

Ahhhh, ahhhhh, ahhhhh, ahhhhh

Ahhhhhhhhhhhh, ahhhhhhhhhhhhh

Ohhhhhhhhhhhh, ohhhhhhhhhhhhh

Ohhhhhhhhhhhh, ohhhhhhhhhhhhh

Ohhhhhhhhhhhh, ohhhhhhhhhhhhh

Oh the mighty arms of Atlas

Hold the heavens from the earth

Ahhhh, ahhhhh, ahhhhh, ahhhhh

Ahhhh, ahhhhh, ahhhhh, ahhhhh

Ahhhh, ahhhhh, ahhhhh, ahhhhh

Ahhhh, ahhhhh, ahhhhh, ahhhhh

Ooooooooooohh

O Último Reduto de Aquiles

[O último reduto de Aquiles]

O último reduto de Aquiles

Era uma manhã de abril,

quando eles nos disseram que devíamos ir

E quando eu me virei pra você, você sorriu para mim

Como eles poderiam dizer não ?

A diversão a apreciar,

viver os sonhos que nós sempre tivemos

As músicas pra cantar,

quando nós finalmente retornássemos de novo.

Varri Nova York com um beijo de lado

Àqueles que pensam saber

Saber os gritos que o marinheiro ouve

O diabo está na casa dêle

Oh, navegar

A terras arenosas e outros dias

Oh, tocar o sonho

Que se esconde dentro e nunca é visto. Yeah!

Para o sol, o sul, o norte,

Voam os pássaros de ouro,

As correntes dos compromissos caem

Em pedaços no chão,

Oh, viajar ao vento,

Pisar o ar acima do estrondo

Oh, rir bem alto,

Dançando como se brigássemos com a multidão. Yeah

Procurar o homem cuja mão que aponta

Revela o passo gigante

Com orientação da estrada sinuosa,

Que se esfacela em pedras

Se um sino tocasse,

Em celebração a um rei,

o coração bateria tão rapidamente

assim como orgulhosa a cabeça com pés pesados, sim

Dias se passaram quando você e eu,

Fizemos um eterno brilho de verão,

Tão longe e distante,

Nosso tempo mútuo de crescer,

Oh! Doce refrão,

Alivia a alma e acalma a dor,

Oh! Albião permanece dormindo agora pra acordar de novo.

Divagando sobre os anéis

Que lugar pra descansar da procura,

Com os poderosos braços de Atlas,

Que seguram os céus acima da terra.

Os poderosos braços de Atlas,

Seguram os céus acima da terra,

Da terra...

Ohhhh...

Eu sei o caminho, sei o caminho, sei o caminho, sei o caminho!

Eu sei o caminho, sei o caminho, sei o caminho, sei o caminho!

Ohhhh...

Os braços poderosos de Atlas,

Estão segurando os céus acima da terra.

Ahhhh...

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.