Perversa serpente do mal
mentirosa e traidora.
Vestida nas vestes mais lindas
quem vê, diz que é boa pessoa.
Do alto do seu egoísmo
só faz o que lhe interessa.
Não quero fazer mal juízo
mas sinto que ela não presta.

Diz, que anda em busca do amor
mas não é bem verdade.
Toda conquista que faz
é por pura vaidade.
Ela quer a cidade
inteirinha aos seus pés.

Eu não peço além do que preciso,
eu não quero mais que um paraíso.

Aos olhos de um homem qualquer
se parece tão pura e tão casta.
Pois sabe pecar e mentir
e fingir que esse alguém já lhe basta.
Depois de andar por aí
ela chega tranquila e serena,
fazendo pensar que a vida que leva
é sem graça e pequena.

Diz que é carente de amor
pede que lhe abrace.
Faz desse ar de abandono
o seu golpe de classe.
Mas bastou que a dor passe
e repete outra vez.

Eu não peço além do que preciso,
eu não quero mais que um paraíso.

Aquele que lhe conhecer
certamente irá se enganar,
porque o seu dom de iludir
vai além do que possa pensar.
Depende de onde e com quem,
ela sabe dosar a medida;
se vai parecer recatada
ou se pode ser mais atrevida.

Talvez haja alguém pra quem ela enfim se entregasse;
e invés de no rosto bater,
simplismente beijasse,
ofertando a outra face
pra bater e beijar.

Eu não peço além do que preciso,
eu não quero mais que um paraíso.

Faço até bem mais do que eu posso
pra poder ficar com quem eu gosto,
e eu gosto é de você.

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Jussara Silveira

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não