Cachorro Amigo

Iridio & Irineu

Na fazenda onde eu nasci ali mesmo eu fui criado
Na escolinha da fazenda onde fui matriculado
A filha do meu patrão sentava ali do meu lado
Juramos de nos casar e um do outro ser amado

Eu era bom empregado querido do fazendeiro
Aprendi lidar com gado meu serviço era campeiro
Um cachorro policial eu tinha por companheiro
Que na hora do perigo o cão chegava primeiro

Pedi ela em casamento o velho disse que sim
No dia do matrimônio que dia lindo pra mim
Morar em casa bonita na frente um lindo jardim
E ter a mulher mais linda pra viver junto de mim

Um dia a mulher me disse escute o que eu digo agora
Não quero mais o cachorro na casa que a gente mora
Vai ter que matar o cão se não quer que eu vá embora
Chamei o pobre cachorro pra matar na mesma hora

Eu peguei minha canoa o cachorro acompanhou
Ao passar na correnteza minha canoa virou
O meu sentido sumiu porque a água me afogou
Estava quase morrendo o cachorro me salvou

Eu ia matar o cão como se fosse um inimigo
Mas foi ele quem salvou-me daquele triste perigo
Hoje em dia sou feliz e com alegria digo
Tenho uma mulher amada também um cachorro amigo

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Iridio & Irineu

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não