Sou Um Homem

Guilherme Arantes

Madrugada terminando enfim,
a última dança já se acabou.
Ao seu lado caminhando assim,
minha última chance acho que chegou.
Melhor que eu me abra logo,
da verdade sobre nós não vou querer falar depois.

Sou um homem, tão comum, Pra você talvez, comum demais.
Sou o acaso que, só o destino traz

Dos encantos que você vê,
Vê se me ensina então, quero aprender.
Na minha pretenção de você me querer.

Sua magia, seu condão
Os sentimentos meus, nas suas mãos
Pra o que quiser ouvir sem restrição.
Sou teu. Sou teu.

Nem precisa nada responder
A essa hora além de escutar
Nao te quero pra me pertencer
Só um carinho eu vou te deixar
Sei que sou muito pouco, pra te acompanhar
E a verdade é bom logo encarar

Sou um homem, tão comum, Pra você talvez, comum demais.
Sou o acaso que, só o destino traz

Dos encantos que você vê,
Vê se me ensina então, quero aprender.
Na minha pretenção de você me querer.

Sua magia, seu condão
Os sentimentos meus, nas suas mãos
Pra o que quiser ouvir sem restrição.
Sou teu. Sou teu.


Felipe Barreto.

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Guilherme Arantes

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não