Gaúcho Caprichoso

Gildo De Freitas

Gaúcho Caprichoso

Eu sou gaúcho caprichoso nesta vida
Tenho um cavalo que é pra não andar de a pé
Tenho está gaita que é com que eu me defendo
Mas também eu não me prendo por coração de mulher
Tenho está gaita que é com que eu me defendo
Mas também eu não me prendo por coração de mulher
Loco de quem se prender...


E o meu cavalo é um verdadeiro amigo
Montado nele vivo cheio de esperança
Da uns pulinhos na hora quando eu encilho
Mas quando aperto o lombilho o meu cavalo se amansa
Da uns pulinhos na hora quando eu encilho
Mas quando aperto o lombilho o meu cavalo se amansa
Oigalete que Cavalo Bueno!
Quantas chinas lindas eu já roubei nele.


E pra gaúcho nada falta no arreio
Mala de poncho e tenho boleadeira e laço
Um 38 e a prateada na cintura
Que desperta as criaturas que sai fora do compasso
Um 38 e a prateada na cintura
Que desperta as criaturas que sai fora do compasso
Está faca é quem nem cobra criado em rancho
Não pode pisar no rabo porque morde.


Cada cidade também deixo uma chinoca
Pra de cruzada enterter meu coração
E no pescoço carrego um lenço Gaúcho
E uma arma de cartucho que é a minha diversão
E no pescoço carrego um lenço Gaúcho
E uma arma de cartucho que é a minha diversão
Está espingarda carrego até o meio
Pra matar china bonita que gostar de macho feio


Tenho ranchinho de gaúcho preparado
Um papagaio e um casal de caturrita
E to criando um cachorrinho de Alegrete
Pra carregar meus bilhetes pra argulma mulher bonita
E to criando um cachorrinho de Alegrete
Pra carregar meus bilhetes pra argulma mulher bonita

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.