Mil Fotografias

Fernando e Sorocaba

O nosso amor valeu enquanto durou
Sei lá, parece que nunca foi nada pra você
Prefiro acreditar que estava escrito assim
Você, tão indiferente e longe de mim

Me deu a sua mão e depois me empurrou
Disse que eu não fazia falta pra você
Na cabeceira de minha cama, mil fotografias
Mas, quem precisa delas, com lembranças como as minhas

Quero de novo o verão
Que eu tive você em minhas mãos
E o calor de um beijo seu no inverno
São só recordações
Eu quero de novo escutar
Sua voz bem cedo à me acordar
Ter de volta o quê foi meu
Pra quê fotos
Se eu te sinto em meu coração

Me deu a sua mão e depois me empurrou
Disse que eu não fazia falta pra você
Na cabeceira de minha cama, mil fotografias
Mas, quem precisa delas, com lembranças como as minhas

Quero de novo o verão
Que eu tive você em minhas mãos
E o calor de um beijo seu no inverno
São só recordações
Eu quero de novo escutar
Sua voz bem cedo à me acordar
Ter de volta o quê foi meu
Pra quê fotos
Se eu te sinto em meu coração
Oh!, oh!, oh!, oh!
Pra quê fotos
Se eu te sinto em meu coração
Se eu te sinto em meu coração

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Fernando e Sorocaba

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não