Aborto Não

Fernanda Brum

CERTO DIA UMA JOVEM BEM JOVEM ME DISSE
"FERNANDA ESTOU GRAVIDA, E AGORA?"
SUAS MÃOS ERAM NEGRAS E FRIAS
TREMIAM SUAVAM, BUSCAVAM AS MINHAS MÃOS
ELA ME REVELOU QUE CHORAVA E PENSAVA EM ABORTO,
ELA ME REVELOU QUE CHORAVA E PENSAVA EM MORTE,
ELA ME REVELOU QUE CHORAVA E PENSAVA NO CARA,
SOZINHA, CHORAVA

EU SEI COMO difícil PODE SER
A DOR DE QUEM NÃO FEZ POR MERECER
EU SEI O QUE É QUERER E NÃO PODER
O QUE É SONHAR COM UMA CRIANÇA EM MEU VENTRE
FALEI DO SONHO QUE ERA CONCEDER
CONTEI QUANTOS PERDI SEM MERECER
CHOREI! E IMPLOREI EM ORAÇÃO
NÃO MATE ESSA CRIANÇA INOCENTE
ELA FOI ESCOLHIDA DENTRO DO TEU VENTRE

EU SOU A VOZ QUE você NUNCA OUVIU
MAMÃE, UM BEIJO QUE NUNCA TE TRAIU
EU SOU E QUERO SER COMO você
SEREI SEU MAIOR PRESENTE, ME DEIXA NASCER!

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Fernanda Brum

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não