País do Futebol

Facção Central

1ª parte - Carlão
Assistiram da favela a cena drástica
Ouviram do morro o grito da morte trágica
Os raios fúlgidos refletem no rosto a lágrima
Que cai em vão no chão na porra desta pátria
O país do futebol do carnaval grita vitória
Pro fim explícito do menor flores em memória
Pátria amada idolatrada mostra sua função
Sua missão foi em vão coroa de flor pro caixão
O sangue jorra, vejo morte a dor aumenta
Mas aí que se foda aqui é o país do penta
Liga a tv na globo e supre a dor
Veja o retrospecto do rei no seu milésimo gol
Quem com ferro fere, metralhado morrerá
Entre mortos e feridos ninguém sobreviverá
Executado a sangue frio foi feita a justiça
Forja a droga retira o corpo sem trampo pra perícia
Me colocaram na função condecorada de elite
Pra carne podre sobre a farda sou indicado pro revide
Que não meça esforços não tem limite cumpre a missão a qualquer preço
Premiação não é dinheiro é sofrimento derradeiro
A condição precároa mostra agora o seu reflexo
A cada ladrão morto, medalha de honra ao mérito
Me mostra a oportunidade na busca do emprego
Mãe vai pro reconhecimento prepara o filho pro enterro
A imigração do nordestino foi condenada
A um barraco três por quatro, luz de gambiarra
O salário mínimo ta garantido pelo seu suor
Vinte e cinco centavos pelo papelão e é só
Aí sinceramente não vejo um motivo
Lutar por um futuro, não tenho incentivo
Terra adorada não és, tu querido brasil
Outra criança assassinada no fuzil da civil

Refrão 2x

Programado pro revide sob munições traçantes
Hórus facção embaixo da tempestade de sangue
Relatando o extermínio sofrimento mágoa agonia
No país do futebol sobrevive quem atira

2º parte - Mandrake
Desemprego chega ao auge miséria traz a fome
Prato vazio gera revolta que resulta na sua morte
Ou de refém no cativeiro com a vida em perigo
Mais um playboy sepultado no cemitério clandestino
Jesus cristo eu lamento não mereço seu perdão
Propagar a desgraça alheia não me trará a salvação
Ascensão através da dor não foi um dos mandamentos
Meus pensamentos não vão ser transcritos pro testamento
Em quem deu o sistema por que dá mágoa
A vitória não se baseia em doação de cesta básica
Muito menos na construção de parque ecológico
Parque aquático não evita assinatura de óbito
Lutamos pela igualdade pela melhoria
O mérito do alimento e o pão nosso de cada dia
Na porra do hospital um merecido tratamento
Não ser ignorado como um cão sarnento
Mas o que adianta sonhar com esse futuro
Se a merda da esperança sempre acaba no túmulo
País do futebol mostra supremacia
Distribui nas escolas leite em pó pra família
Arroz feijão farinha prato principal
Bife com cebola só na época de natal
A criança ri á toa com o brinquedo doado
Um g.i.j.o.e. desfigurado na carência de um braço
Aí presidente que se diz vindo do povo
Quando vir um menor de rua olhe bem pro seu rosto
Vai ver que nele existe a pura decepção
As orações na madrugada infelizmente foram em vão
O aprendizado livro novo foram por água a baixo.
Só sobrou o trabalho escravo e a limpeza do vidro do carro
Ou morrer como indigente no solo da mãe gentil
Entre outros mil foi só mais um, pátria podre brasil

Refrão 2x

3ª parte - dumdum
Nem mesmo o sonho de jogar na seleção pode evitar
Que o artilheiro da rua de terra fosse o rei do dakar
Me querem trancafiado em presidente bernardes
Achando que paz é o dundun sem liberdade atras das grades
Não vai pra grupo não quem prega o amor já foi nazista
Agora vem com conduta etica ladainha rezar missa
Da proxima vez que o papa vier pro brasil
Mostra a cidade campeã em prostituição infantil
Pra ele ver criança pulando no colo do turista
De lado de quatro de pe realizando fantasia
Que no Brasil 40.000 desaparecem por ano
Essas imagens ele não mostra no vaticano
Comboio presidencial começa o ataque
Lula e seus irmaos operação cheque mate
Celular tira foto liga filma manda recado
Luis Inácio cuidado com fone grampeado
Trabalhador morre com bala perdida
Desempregado reza pra arrumar trabalho um dia
Sem terra procurando uma moradia
No boteco da rua de cima teve outra chacina
Querem que eu me orgulhe do pais do penta
No vale da ambição materialismo é a única crença
Não quero a AR 15 nem cavar trincheira
Ordem e progresso ta escrito na bandeira
É triste ver os moleque longe da escola
Crescendo na miseria nas neurose na pistola
Não é o medico amputando o dedo do menino
É o sequestrador dando o preço do resgate do seu filho
Férias antecipadas pros alunos no rio
Complexo do alemao Brasil guerra civil
Brasileiro revoltado puro ódio homicida
Aprendeu com a vida que não é pecado matar por justiça

Refrão 2x

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Facção Central

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não