Rainha do Paraná

Chitãozinho & Xororó

Quando chega a primavera eu vejo a minha tapera toda enfeitada de flor
A rosa me faz lembrar do porto Paranagua aquele ninho de amor
Na igreja do Rocio onde um romeiro pediu uma graça e alcançou
Não é nada mais divino que o rocinho cristalino da noite que serenou

Era o mes de novembro diz a história bem me lembro a natureza floreceu
e o lindo campo de rosas uma santa milagrosa certa noite apareceu
ali ergueram um santuario aonde a virgem do rosário aos aflitos atendeu
Com o orvalho que caiu Santa Virgem do Rocio este nome recebeu

Quando chega os marinheiros nossos irmãos brasileiros no Porto Paranagua
ao deixarem o navio vão a Igreja do Rocio sua benção implorar
Pedindo felicidades que acalme as tempestades que desabam sobre o mar
Pedem paz e proteção pra que nunca falte o pão na mesa de um pobre lar

Santa Virgem do Rocio quem te ve e quem te viu nunca mais esquecera
do seus milagres profundo que auxiliam esse mundo vós não cansa de mostrar
pela graça recebida a lembrança prometida os romeirosvão levar
pra Senhora Imaculada que um dia foi proclamada a Rainha do Paraná

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Chitãozinho & Xororó

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não