Miserere

Miserere, miserere,

Miserere, misero me

Pero' brindo alla vita!

Ma che mistero, e'la mia vita

Che mistero!

Sono un peccatore dell'anno ottantamila

Un menzognero!

Ma dove sono e cosa faccio

Come vivo?

Vivo nell'anima del mondo

Perso nel vivere profondo!

Miserere, misero me

Pero' brindo alla vita!

Io sono il santo che ti ha tradito

quando eri solo

E vivo altrove e osservo il mondo

dal cielo,

e vedo il mare e le foreste,

vedo me che....

Vivo nell'anima del mondo

Perso nel vivere profondo!

Miserere, misero me

Pero brindo alla vita!

Se c'e' una notte buia abbastanza

Da nascondermi, nascondermi,

Se c'e' una luce, una speranza

Sole magnifico che splendi

dentro me

dammi la gioia di vivere

che ancora non c'e?

Miserere, miserere

Quella gioia di vivere

Che forse, ancora non c'e?

Miserere

----------------------------

Miserere (Tradução)

Miserere, miserere,

Misererere, miserol sou,

Porem brindo à vida!

Mas que misterio, é a minha vida,

Que mistério!

Sou um pecador do ano de

Oitentamil

Um enganador

Mas onde estou e oque faço,

Como vivo?

Vivo na alma do mundo

Perdido vivendo intensamente!

Miserere, misero sou,

Porem brindo a vida!

Eu sou o santo que te traiu

Quando estavas só

E vivo displicente e observo o mundo

La do céu,

E vejo mares e florestas,

Vejo a mim mesmo que....

Vivo na alma do mundo

Perdido vicendo intensamente!

Miserere, misero sou,

Porem brindo a vida!

Se houver uma noite escura o suficiente

Para esconder-me, esconda-me

Se houver uma luz, uma esperança,

Sol magnífico que resplandece dentro de mim

De-me a graça da vida

Que ainda não tenho!

Miserere, miserere,

Aquela dádiva da vida que talvez

Ainda não tenha

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.