Cosa Del Destino

Eso es cosa del destino

ya sufri mas estoy vivo

voy buscando mi camino

y el dolor sigue conmigo

kero aprender a vivir, sin ti

Yo te ame y tu lo sabes

no meresco tus maldades

sufrimiento q invade

hoy te digo mis verdades

con tus infidelidades, se apago

el sueño q habia para dos

los planes q el tiempo se llevo, se llevo

por que sera q insistes en llamar

me torturas ignoras y adoras hacerme llorar

por que no me olvidas de una vez

a pesar del dolor del engaño existe un talvez

por que sera q insistes en llamar

me torturas ignoras y adoras hacerme llorar

por que no me olvidas de una vez

a pesar del dolor del engaño existe un talvez talvez talvez

Yo te ame y tu lo sabes

no meresco tus maldades

sufrimiento q invade

hoy te digo mis verdades

con tus infidelidades se apago

el sueño q habia para dos

los planes q el tiempo se llevo se llevo

por que sera q insistes en llamar

me torturas ignoras y adoras hacerme llorar

por que no me olvidas de una vez

a pesar del dolor del engaño existe un talvez

por que sera q insistes en llamar

me torturas ignoras y adoras hacerme llorar

por que no me olvidas de una vez

a pesar del dolor del engaño existe un talvez

por que sera q insistes en llamar

me torturas ignoras y adoras hacerme llorar

por que no me olvidas de una vez

a pesar del dolor del engaño existe un talvez talvez talvez

Coisa do Destino

Isso é coisa do destino

Eu sofri mais estou vivo

Estou procurando o meu caminho

E a dor continua comigo

Quero aprender a viver sem você

Eu te amei e você sabe

Não mereço as suas maldade

Sofrimento que me invade

Hoje eu confesso as minhas verdades

Que com a sua infidelidade, acabaram

Com os sonhos que eu tinha pra nós dois

Os planos que o tempo leovu, levou embora

Por que você insiste em me ligar

Me tortura, ignora e adora me fazer chorar

Por que não me esquece de uma vez

Apesar da dor da decepção, existe um talvez

Por que você insiste em me ligar

Me tortura, ignora e adora me fazer chorar

Por que não me esquece de uma vez?

Apesar da dor da decepção, existe um talvez

Talvez... talvez

...

Eu te amei e você sabe

Não mereço as suas maldade

Sofrimento que me invade

Hoje eu confesso as minhas verdades

Que com a sua infidelidade, acabaram

Com os sonhos que eu tinha pra nós dois

Os planos que o tempo leovu, levou embora

Por que você insiste em me ligar

Me tortura, ignora e adora me fazer chorar

Por que não me esquece de uma vez

Apesar da dor da decepção, existe um talvez

Por que você insiste em me ligar

Me tortura, ignora e adora me fazer chorar

Por que não me esquece de uma vez

Apesar da dor da decepção, existe um talvez

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais Alexandre Pires

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não