Não, não falo de coração.
Coração é piegas, careta
Coração tá fora de moda
Nada, nada de cantar coisas do coração
No teu samba canção
Nada de um coração que infarta de
Sofrer de amor
Na tua balada, nada
De um coração que foi triturado
Mastigado e jogado fora
Nada dessa fera que se auto-devora
Se auto destrói
E deixa no lugar um buraco gelado
Que quando venta dói
Por favor, não ponham um marca-passo
No espaço do meu coração
Substituam o bagaço do meu coração
Tão manso e sem descanso
No seu pulso no
Balanço no bater
Ponham um daqueles potinhos
Com água e açúcar
Em que o beija-flor vem beber

Gênero da música

Esta música pertence a quais gêneros? Insira ou exclua abaixo aqueles que representam melhor esta versão. Você pode relacionar até 6 gêneros a uma música.

Veja mais A Banda Mais Bonita da Cidade

Rádio do Artista

    Vamos afinar o Música?

    Estamos procurando a batida perfeita, ajude-nos a fazer o Música melhor pra você.

    Participe Agora não